cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing Dissertation Writing service Buy Dissertation Online Cheap dissertation writing Cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing Essay Writing Service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap essay writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing Supervisões das Áreas de Concentração | Departamento de Química
 

Supervisões das Áreas de Concentração

     As áreas de concentração compõem, regimentalmente, o Conselho Técnico-Administrativo do DQ, integrando a estutura organizacional da administração departamental. O DQ-UFRPE possui seis áreas de concentração: Ensino de Química, Físico-Química, Química Agrícola, Química Analítica, Química Inorgânica e Química Orgânica. Cada uma das áreas possui um(a) supervisor(a), escolhido(a) pelo(a) diretor(a), entre os professores em exercício no Departamento.

Relação de supervisores das Áreas de Concentração

Ensino de Química - Prof. Dr. José Euzébio Simões Neto

Físico-Química - Prof. Dr. Hélcio José Batista

Química Agrícola - Prof. Dr. Hélio Cabral Lima

Química Analítica - Prof. Dr. André Fernando Lavorante

Química Inorgânica - Profa Dra Flávia Christiane Guinhos de Menezes Barreto Silva

Química Orgânica - Prof. Dr. André Augusto Pimentel Liesen Nascimento

Atribuições: I) participar, como membro nato, do CTA; ii) coordenar e fiscalizar as atividades dos docentes que integram a respectiva área de conhecimento, distribuindo com eles as tarefas didáticas, relativas às turmas de alunos inscritos nas disciplinas; iii) supervisionar a elaboração dos planos de ensino das disciplinas, enquadrando-os no calendário acadêmico aprovado anualmente pelo CEPE; iv) pronunciar-se sobre a escala anual de férias do seu pessoal, resguardando o andamento normal das atividades da respectiva área; v) representar, no CTA, os interesse de sua área de responsabilidade; vi) tomar quaisquer outras iniciativas de interesse da área.